|English version|Versión Español|
UNIDO - Observatory for Renewable Energy in Latin America and the Caribbean

ISID - Desenvolvimento industrial inclusivo e sustentável

Prefácio

LI Yong, Diretor Geral, ONUDI

 

Atualmente, a comunidade global se encontra em uma crítica encruzilhada. Embora a pobreza ainda seja o desafio central do nosso mundo, agora dispomos efetivamente dos meios para erradicá-la na próxima geração.

 

A pobreza é um fenômeno complexo, com dimensões que vão muito além da baixa renda. Encontrar as respostas corretas para cada contexto requer esforços coordenados em todo o espectro de cooperação internacional, com o objetivo de oferecer melhores condições de vida aos pobres. É isso que a nova agenda de desenvolvimento sustentável que está sendo formulada atualmente para atingir os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODMs) deve realizar. Deve apresentar um roteiro claro para erradicar a pobreza em seu contexto multidimensional, de privação econômica, desigualdade social e degradação ambiental.


Sendo assim, como estamos hoje em relação a isso? Felizmente, há muitos bons exemplos que podem servir de base e várias histórias de sucesso para contar. Muitos países alcançaram níveis mais altos de desenvolvimento em todas as dimensões – econômicas, sociais e ambientais – beneficiando seu povo.


Há três décadas, uma em cada duas pessoas nos países em desenvolvimento era pobre. Em 2010, a cifra de mulheres e homens que vivendo em absoluta pobreza foi reduzida a pouco mais de 20%. A análise dos motivadores dessa tendência mostra que os países com crescimento econômico estável, impulsionados pela industrialização, pelo comércio internacional e pelos serviços do setor conseguiram reduzir a pobreza de forma efetiva.


De fato, não há um país sequer que tenha alcançado um estágio elevado de desenvolvimento social e econômico sem ter desenvolvido um setor industrial avançado.


No entanto, uma prosperidade estável não foi obtida no mundo inteiro: ainda há grandes diferenças entre as regiões, países e sociedades e dentro deles. Muitas vezes, no passado, o crescimento ocorreu sem oferecer oportunidades de participação e recompensa a segmentos significativos da população, particularmente às mulheres e aos jovens.

 

Claramente, as estratégias futuras para a redução da pobreza devem ser empoderadas economicamente. Essa é a única forma de gerar a renda necessária para permitir que pessoas, lares e governos busquem suas próprias prioridades de desenvolvimento e apoiem sua trajetória até a autossuficiência. Esse deve ser o principal objetivo dos nossos esforços para alcançar o desenvolvimento sustentável em todas essas dimensões.


Na verdade, de modo geral, os esforços para enfrentar os desafios sociais e ambientais de forma sustentável e duradoura somente foram bem-sucedidos quando tiveram o apoio do crescimento econômico.


Como resposta a esses desafios, a ONUDI está promovendo o desenvolvimento industrial inclusivo e sustentável (ISID, na sigla em inglês) para aproveitar todo o potencial da contribuição da indústria para obter desenvolvimento sustentável e prosperidade duradoura para todos.


Este folheto apresenta alguns dos principais elementos e questões relacionados a essa nova visão, conforme o estabelecido na emblemática Declaração de Lima da ONUDI, adotada pelos países-membros da organização em 2 de dezembro de 2013. Essa declaração irá moldar as operações futuras, o espírito e o rumo da ONUDI por vários anos no futuro.


Nosso desafio atual e nossa oportunidade histórica, é reconhecer o potencial do ISID e contribuir com o nosso empenho pelo bem comum em uma nova agenda de desenvolvimento de longo prazo que vá além de 2015.


LI Yong


Diretor Geral
Fevereiro de 2014

 

 

ISID - Baixar o livreto

ISID-Brochure_PT.pdf

Desenvolvimento industrial inclusivo e sustentável

2.1 M